Página Inicial Imprensa Noticias Ministério Público abre processo criminal contra desvio ilegal da obra Orós-Lima Campos

Ministério Público abre processo criminal contra desvio ilegal da obra Orós-Lima Campos

Avalie este item
(0 votos)

Comitê do Salgado cobra punição de infratores

 

Membros do Comitê da Bacia Hidrográfica do Salgado, além do gerente Regional da Cogerh/Crato, reuniram-se no Ministério Público de Icó, no dia 4 de setembro, para reivindicar maior fiscalização do processo de transposição das águas do açude Orós ao reservatório de Lima Campos.

Segundo o promotor de Justiça de Icó, Renato Magalhães, um processo civil criminal foi aberto contra todos os infratores que estão desviando água da transposição Orós - Lima Campos, obra em andamento na região para abastecer Icó e comunidades vizinhas.

Obra Orós-Lima Campos

A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh) está executando uma obra para complementação do abastecimento hídrico da cidade de Icó e de comunidades do entorno. O objetivo é garantir o  abastecimento humano e a dessedentação animal da cidade de Icó e do perímetro Icó-Lima Campos.

A ação, iniciada em agosto, consiste no aproveitamento das águas do açude Orós para o reservatório de Lima Campos, reforçando o abastecimento das comunidades de Guassussé, Pedregulho, Aroeira, São Romão, Água Fria, Estreito, Cabeça de Negro, Igaroi e Pai Atonio.

 

Assessoria de Comunicação e Marketing
Ana Luiza Soares
Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh)
Fone: + 55 85 3195.0718
analuiza.soares@cogerh.com.br
Twitter: @Cogerh_ce

Ler 521 vezes