Infraestrutura Hídrica Metropolitana

Avalie este item
(0 votos)

A Operação e Manutenção da Infraestrutura Hídrica da Região Metropolitana de Fortaleza – RMF fica a cargo da Gerência Metropolitana – GEMET, uma das oito gerências regionais, estas responsáveis pelo gerenciamento dos recursos hídricos em todo o Estado do Ceará.

Todas as gerências regionais têm as mesmas atribuições junto à Diretoria de Operações, dentre elas destacam-se:

Elaborar e coordenar o programa anual de operação de reservatórios;

Monitorar quantitativo e qualitativamente os diversos sistemas hídricos de sua bacia ou sub-bacias;

Coordenar o programa de manutenção de estruturas hidráulicas e

Apoiar as ações de organização de usuários e dos comitês de bacias.

A infraestrutura hídrica da RMF guarda uma especificidade especial em relação principalmente a grande concentração populacional, onde somente na capital cearense esse número chega aos 2,9 milhões de pessoas e nas Bacias Metropolitanas como um todo tem aproximadamente 3,4 milhões de pessoas, conforme estimativa do IBGE, 2006. Essa grande concentração populacional aumenta a pressão sobre a demanda hídrica nesta região hidrográfica, soma-se a isso a existência dos dois maiores distritos industriais do Estado do Ceará. O primeiro está localizado no município de Maracanáu com aproximadamente 60 indústrias atendidas com água bruta. O outro DI (distrito industrial) está localizado entre os municípios de Pacajus e Horizonte com 10 indústrias atendidas.

infra

Além disso são perenizados em torno de 150 km de rios, para atender desde a agricultura familiar, populações dos municípios e pequenos distritos até a grandes agroindústrias como a Ypioca e Colonial.

A Gerência Metropolitana foi a gerência pioneira na organização da atividade de pesca, promovendo uma série de seminários e fomentando a criação de colônias de pescadores. O cadastro dos pescadores são atualizados a cada dois anos com a renovação da carteira de acesso aos reservatórios. Foi confeccionado no início do ano de 2008 um programa de acompanhamento e cadastramento da atividade pesqueira nas Bacias Metropolitanas.

Ler 2601 vezes Última modificação em Sexta, 06 Março 2015 18:18