Projeto Business Inteligence

Avalie este item
(2 votos)

Com o objetivo de aperfeiçoar suas ações e de permitir mais transparência na gestão da coisa pública, maior agilidade administrativa e melhor atendimento às necessidades do cidadão, a COGERH contratou, em Dezembro/2014, uma empresa para desenvolver um Sistema de Gerenciamento e Integração de Informações oriundas da área administrativa-financeira e de planejamento e controle orçamentário, com uma Solução DATA WAREHOUSE em Software Livre, mais conhecido como Business Inteligence – BI.

O termo Business Inteligence - BI costuma ser traduzido como Inteligência de Negócios e é conceituado pelo propósito das empresas em explorar dados históricos de seus sistemas de gestão e bancos de dados, o que capacita os tomadores de decisões a fazerem suas tarefas de forma mais assertiva. Esse conceito surgiu nos anos 1980 e, desde então, garante vantagem estratégica às empresas que aprenderam a usar os seus dados para entender as demandas e necessidades de seus clientes, detectar tendências e avaliar melhor economias e mercados.

O uso de informações já disponíveis em uma empresa é fundamental para ajudar administradores, diretores, gerentes e tomadores de decisões a abraçarem as melhores alternativas de forma mais veloz e com a geração de valor mais adequada ao seu negócio.

Dois fatores são preponderantes para um administrador/gestor acertar ou errar na decisão: a integridade das informações que estão sendo usadas para subsidiar objetiva e confiavelmente o processo decisório; a velocidade na identificação de oportunidades e ameaças provenientes dessas informações.

Uma característica importante do BI é que, em meio ao grande volume de dados armazenados na ERP – Protheus, implantada desde 2007, sua utilização facilita a descoberta de relações entre esses dados, gerando informações que realçam a vantagem competitiva.

O fator mais importante para a utilização da Inteligência de Negócios, porém, é que as metas a serem alcançadas por esse processo precisam estar alinhadas ao planejamento estratégico da empresa, como forma de apoio às decisões e, em alguns casos, para realinhamento de eventuais desvios.

Outra necessidade importante é a flexibilização das informações. A forma como os gestores precisam organizá-las para a intersecção de dados relacionais é fundamental no momento em que são exigidos velocidade e desempenho. Para os gestores, é impossível trabalhar apenas com os relatórios gerenciais "prontos", disponíveis em seus sistemas, pois não refletem a dinâmica dos negócios. Portanto, desenvolver seus próprios relatórios é, sem sombra de dúvida, um grande diferencial do BI.

A grande maioria das empresas que adotaram soluções de Business Intelligence nos últimos anos destacou a eficácia da ferramenta sob a alegação de que, além de não exigir uma implementação muito longa e complexa, traz uma percepção de resultados extremamente rápida.

Os grandes benefícios do BI apontados são:

- velocidade na análise de informações sempre que as organizações percebem mudanças de tendências;
- cruzamento de dados específicos para análises;
- maleabilidade das informações que podem ser tratadas;
- visualização de gráficos, cubos e dashboards que facilitam o entendimento dos dados expressos nos relatórios gerenciais;
- geração de informações consistentes para análises gerenciais e processos decisórios;
- utilização da ferramenta pelos próprios gestores das áreas, sem grandes demandas para a área de Tecnologia da Informação (TI);
- rápido retorno sobre o investimento (ROI);
melhoria nos processos de geração de informações (cadastros, movimentações, entradas, saídas etc.), a partir de relatórios extraídos pelo BI;
mudança de comportamento dos gestores, que deixam de ser reativos e tornam-se proativos.

A implementação da solução de Business Intelligence (BI) amplia a visão futurística, e torna mais previsível e seguro o que se espera, de modo a apresentar uma análise comparativa e demonstrativa periódica, para que sejam sanadas as falhas em tempo hábil, diminuindo os riscos gerados, consistência ampla e abrangência nas estratégias e possa ainda solidificar o planejamento e a gestão administrativa.

Sendo assim, a COGERH implementou essa solução para integrar e consistir as informações geradas pela ERP-Protheus, uma vez que a gestão efetiva demanda por informações que apoiem o processo decisório, tanto para questões de curto como de logo prazo. Para que as informações requeridas pelos gestores atendam aos padrões de prazo e confiabilidade alguns entraves tem que ser superados tais como: a diversidade de informações existentes na organização, necessidade de interferência manual para elaborar apresentações, painéis, gráficos e relatórios de gestão no formato demandado pela alta administração.

Além dos benefícios operacionais e decisórios esse projeto propõe mostrar a realidade atual da COGERH, podendo comparar com anos anteriores e projetar cenários futuros. Com base nos dados coletados, poderão ser estabelecidas metas a serem alcançadas e desafios para as áreas administrativas-financeiras, não necessariamente aumentando a arrecadação da companhia, mas proporcionando um maior conhecimento das suas áreas de negócio, detectando tendências e avaliando melhor seus indicadores.

Neste projeto, foram implementados 18 painéis e 02 relatórios, abaixo relacionados, assim como também foi realizado o treinamento dos usuários finais e dos técnicos da área de TI da Companhia, na utilização e manutenção do sistema desenvolvido.

Painéis:
1) Painel Financeiro – Acompanhamento Financeiro
2) Painel Financeiro – Indicadores Econômicos-Financeiros
3) Painel Financeiro – Sustentabilidade
4) Painel Financeiro – Lucratividade
5) Painel Comercial – Perfil da Inadimplência
6) Painel Financeiro – Análise das Despesas
7) Painel Financeiro – Fluxo de de Caixa Diário
8) Painel Financeiro – Orçamento
9) Painel Financeiro – Orçamento Visão Sintética
10) Painel Comercial – Acompanhamento de Clientes
11) Painel Comercial – Visão Comercial
12) Painel Comercial – Novos Clientes
13) Painel Pessoal – Despesa com Pessoal
14) Painel Pessoal – Composição da Despesa com Pessoal Próprio
15) Painel Pessoal – Diárias do Pessoal Próprio
16) Painel Comercial – Parcelamento de Clientes
17) Painel BSC – Posição Indicadores BSC
18) Painel BSC – Evolução Indicadores BSC

Relatórios:
1)Relatório Executivo
2)Relatório de Acompanhamento do Faturado X Arrecadado por Categoria de Uso

Ler 3306 vezes Última modificação em Quarta, 19 Outubro 2016 14:50