Página Inicial Institucional Eixos de Atuação Desenvolvimento Institucional Projeto Análise, Redesenho e Automação de Processos

Projeto Análise, Redesenho e Automação de Processos

Avalie este item
(0 votos)

O objetivo do mapeamento e redesenho dos processos é prover clareza quanto às responsabilidades de cada área dentro da Instituição, em cada processo de negócio, de forma a alcançar um objetivo comum.

Atualmente, eficiência não se traduz apenas em uma divisão de funções com uma especialização cada vez maior do indivíduo, na busca por vantagens competitivas em uma função específica. A eficiência de um negócio está na sua capacidade de gerar valor para seus clientes.

A fim implantar na COGERH uma política de gestão informacional capaz de aperfeiçoar as ações, melhorando o desempenho e a qualidade das atividades desenvolvidas, trazendo um resultado satisfatório para o acompanhamento e execução das suas políticas, necessita-se:

- Mapeamento e redesenho de 10 (dez) processos da área administrativa-financeira (Admissão de Pessoal, Rescisão de Pessoal, Concessão de Férias, 13º salário, Concessão de Diárias, Concessão de Benefícios, Faturamento, Pagamento, Procedimento de Compras e Controle Patrimonial);

- Implantação de solução de ECM com BPMS integrado para 02 (dois) processos: Faturamento e Concessão de Diárias. Vale ressaltar que em consonância com o Decreto de Software Livre Estadual, utilizamos uma ferramenta Open Source.

O termo Business Process Management System (BPMS) refere-se aos sistemas de gestão de processos de negócio. Pode-se definir um BPMS como uma categoria de software que visa atender o ciclo completo da Gestão de Processos, que inclui redesenho, modelagem, implementação, monitoramento e otimização de processos. O BPMS produz transparência ao negócio através do controle, aumentando consideravelmente o poder de acompanhamento e organização do trabalho; rastreabilidade e visibilidade do processo em execução (do início ao fim) em tempo real, fato que ajuda os gestores a ajustarem os processos para trazer valor ao negócio e aos clientes; conhecimento do processo e rapidez nas mudanças, quando necessárias, e economia.

Em suma, a automação dos processos de Faturamento e Concessão de Diárias, em processo de implantação, ajudará a COGERH a saber onde o processo está parado, com quem, quanto tempo foi gasto entre uma atividade e outra, alertas, falhas, custos etc.

Ler 2567 vezes Última modificação em Terça, 18 Agosto 2015 09:16